IKESAKI Cursos Gratuitos: Inscrição e Vagas Abertas

Os profissionais do ramo da beleza e estética precisam estar sempre em busca de profissionalização e aperfeiçoamento das técnicas. Uma das boas oportunidades é a IKESAKI Cursos Gratuitos, que oferece inúmeras oficinas em todas as suas lojas espalhadas pelo estado de São Paulo. Para se inscrever na IKESAKI Cursos Gratuitos, acompanhe as informações abaixo!

IKESAKI Cosméticos

Desde a sua fundação, há mais de 55 anos, a Ikesaki Cosméticos atua não só nas vendas de produtos para beleza, mas também promove a Educação Técnica de muita qualidade.

Atualmente o Centro Técnico Ikesaki desenvolve centenas de profissionais e além disso, os mantém atualizados sobre o que há de novo da indústria da beleza. As aulas são 100% presenciais e os alunos garantem o seu certificado ao final dos cursos.

Para inciar um dos IKESAKI Cursos Gratuitos é muito simples! Basta se dirigir a uma das lojas físicas da empresa que você encontra o curso de Alfabeto Lettering, com auditórios e salas devidamente equipadas, onde é oferecido apresentações, cursos e workshops para capacitação nas áreas de:

  • Cabelo;
  • Maquiagem;
  • Estética;
  • Manicure;
  • Depilação.

A seguir, veja quais as opções de cursos e como se inscrever na IKESAKI Cursos Gratuitos!

IKESAKI Cursos Gratuitos

O mercado da beleza está em crescente desenvolvimento e ser um profissional capacitado nesta área pode lhe render ótimos frutos. Para iniciar a sua jornada, confira quais os principais cursos disponíveis na Ikesaki:

Cursos de Estética Ikesaki

  • Designer De Sobrancelha;
  • Higienização Facial Profunda;
  • Limpeza De Pele Express;
  • Designer De Sobrancelha Avançado;
  • Quick Massagem (Shiatsu Rápido).

Cursos de Manicure/Pedicure Ikesaki

  • Pedicure Risqué – Com Certificado;
  • Decoração Colorama |Com Certificado;
  • Decoração De Unhas Pop Nail;
  • Pedicure Impala – Com Certificado.

Cursos de Depilação Ikesaki

  • Depilação Artística E Clareamento De Virilha E Axila – Depilart;
  • Depilação Depilwax – Com Certificado;
  • Depilação Artística Especial Cera Quente Depilbella – Com Certificado.

Cursos de cabeleireiro Ikesaki

  • Cortes;
  • Mechas;
  • Barber;
  • Penteados;
  • Coloração;
  • Tratamento e Reconstrução;
  • Hands on Coloração.

Inscrições nos cursos IKESAKI

Antes de realizar as inscrições IKESAKI Cursos Gratuitos é importante saber que os cursos acontecem somente de maneira presencial e são divididos em duas modalidades:

  • Técnicos;
  • Top Profissionais.

Cada modalidade possui seus próprios cursos e para escolher o que melhor se encaixa no seu perfil profissional, veja o passo a passo abaixo:

  • Acesse o site do IKESAKI cursos, clicando aqui:
  • Veja quais as melhores opções de cursos e horários;
  • Clique em “Buscar cursos”;
  • Em seguida, veja os que estão disponíveis para inscrição;
  • Se necessário, clique nos filtros “Classe” e “Localidade” para escolher melhor;
  • Ao escolher o curso, e quiser mais informações sobre valores e inscrições, entre em contato com a loja da qual o curso esteja sendo ofertado.

Endereço das lojas IKESAKI

Agora que você já tem em mente o IKESAKI Cursos Gratuitos que deseja fazer, basta entrar em contato com alguma das lojas Ikesaki.

Veja os endereços e telefones Ikesaki:

Centro Técnico Ikesaki Liberdade

  • Praça da Liberdade Av. Liberdade, 146
  • Liberdade – São Paulo – SP
  • Tel: (11) 3111-0060

Centro Técnico Ikesaki Santo Amaro

  • Santo Amaro Praça Floriano Peixoto, 132
  • Santo Amaro – São Paulo SP
  • Tel: (11) 5523-6960

Centro Técnico Ikesaki São Miguel Paulista

  • São Miguel Av. Marechal Tito, 1.015
  • São Miguel Pta. – São Paulo – SP
  • Tel: (11) 2058-6944

Proposta amplia Bolsa Família durante pandemia do coronavírus

O Bolsa Família é um dos maiores programas brasileiros que atua contra o cenário de pobreza. No geral, o auxílio funciona como um complemento para que as famílias brasileiras que se encontram em situação de pobreza e pobreza extrema tenham acesso a alimentação básica.

Mas com a crise do coronavírus, o Bolsa Família se tornou a única renda para muitos núcleos familiares e por isso, uma proposta do Governo visa ampliar o valor do benefício para dar suporte a esse público. Veja tudo a seguir:

Como você já deve saber, o Bolsa Família é um programa de transferência de renda que beneficia mais 13 milhões de brasileiros. A proposta do programa é permitir que as famílias brasileiras que se encontram em situação de pobreza ou pobreza extrema possam ter acesso a necessidades básicas.

De acordo com informações do portal bolsa família 2022, o número de cidadãos que se inscreveram para o programa aumentou significativamente, evidenciando o crescente cenário de pobreza do país.

E se os dados já indicavam essas mudanças para esse ano, a crise do coronavírus, que forçou os brasileiros a ficarem em casa para a sua própria segurança, intensificou ainda mais o problema, tornando o Bolsa Família renda única em diversos lares.

E por isso, o Governo preciso ampliar o suporte previsto, para auxiliar financeiramente milhões de famílias. E isso estará sendo possível através do Bolsa Família emergencial.

O que é o Bolsa Família Emergencial?

Para auxiliar os cidadãos que ficaram impossibilitados de trabalhar e se encontram em situações de serviço como trabalhador informal, MEI ou desempregado, o Governo lançou o Auxílio Emergencial durante a pandemia do coronavírus.

O auxílio está previsto para ser pago em três parcelas iguais e pode ser equivalente a R$600 ou R$1.200 no caso do beneficiário ser uma mulher chefe de família.

E quem já é beneficiário do Bolsa Família, ou seja, já está registrado no Cadastro Único, também receberá esse valor junto com o valor da bolsa na mesma quantidade de três parcelas.

Como se cadastrar?

Quem não é participante do Bolsa Família pode ter acesso ao recurso de cadastrando no site do Auxílio Emergencial ou baixando os aplicativos nas plataformas de download.

Mas vale lembrar que as famílias que já recebem o Bolsa Família não precisam realizar nenhum tipo de cadastro, nem presencial e nem online, para ter acesso ao valor.

Nesse caso, os beneficiários já receberão o acréscimo no próprio valor do Bolsa Família na mesma conta regular que utilizam para sacar o direito mensalmente. Não é necessário realizar nenhum cadastro.

Quem pode fazer Encceja?

Muitos cidadãos brasileiros não tiveram oportunidade de estudar no tempo regular de ensino. Com o exame do Encceja, é possível adquirir os diplomas do Ensino Fundamental e Médio. Quer saber quem pode fazer Encceja 2021? Conheça todos os requisitos e veja quem pode fazer o Encceja 2021 antes de efetuar a inscrição.

Quem pode fazer Encceja 2021?

O Encceja é o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos.

Este exame foi criado para que jovens e adultos que não tiveram condições de estudar e se formar no período regular de ensino pudessem adquirir o diploma nos Ensinos Fundamental e Médio.

Antigamente, quem fornecia a Certificação do Ensino Médio era o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Esta tarefa agora é do Encceja, portanto, quem quiser receber essa certificação, deverá fazer este exame.

Cidadãos brasileiros que residem em outros países também poderão fazer os exames do Encceja para obter a certificação desejada.

Quem pode fazer Encceja 2021?

Antes de você realizar a sua inscrição Encceja, é muito importante que você saiba quem pode fazer Encceja 2021!

Existem alguns requisitos fundamentais e quem não cumprir todos eles infelizmente não poderão fazer este exame e, consequentemente, não poderá obter os diplomas do Ensino Fundamental ou Ensino Médio.

Confira os requisitos necessários:

  • Ensino Fundamental: Ter 15 anos completos até a data do exame;
  • Ensino Médio: Ter 18 anos completos até a data do exame.

Tire todas as suas dúvidas sobre o Encceja

Como já foi dito anteriormente, essas provas do Encceja foram criadas para ajudar os cidadãos brasileiros que não conseguiram o diploma do Ensino Fundamental ou Ensino Médio no tempo regular de ensino.

Abaixo listamos algumas informações importantes para você conhecer melhor e ver quem pode fazer Encceja 2021.

1. Quais conteúdos caem nas provas do Encceja?

A Matriz de Referência utilizada pelo MEC tem aproximadamente 30 habilidades diferentes. Todas essas áreas do conhecimento utilizadas para elaboração das questões foram extraídas dos PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais).

As matérias são:

Ensino Fundamental

  • Ciências Naturais;
  • História;
  • Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Artes e Educação Física;
  • Matemática.

Ensino Médio

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Linguagens e Códigos e suas Tecnologias;
  • Matemáticas e suas Tecnologias.

2. Como será a prova?

As provas são de múltipla escolha com aproximadamente 120 questões, equivalente a 30 questões para cada nível do conhecimento.

As provas do Ensino Fundamental são realizadas na parte da manhã com a aplicação dos exames de ciências naturais, história e geografia e na parte da tarde as provas são para língua portuguesa, língua estrangeira, educação física, artes, redação e matemática.

As provas do Ensino Médio abordarão, na parte da manhã, as matérias de ciências humanas, ciências da natureza e a na parte da tarde redação, matemática e linguagens.

3. Para ser aprovado, qual deverá ser a pontuação mínima?

Cada prova do Encceja possui uma margem de proficiência que vai de 60 a 180. Para o aluno ser aprovado, ele deverá tirar no mínimo uma nota 100.

4. Quem concede esses diplomas?

O INEP é o órgão responsável pela aplicação e elaboração de todas as provas do Encceja, mas quem confecciona os diplomas são as Secretarias de Educação de cada estado.

Reformulação de programas sociais estaciona no governo Bolsonaro

O Governo Bolsonaro trouxe diversas mudanças, principalmente para os programas sociais que foram criados no Governo Lula. A proposta era modificar radicalmente alguns processos dos programas, visando simplifica ou melhorar algum ponto identificado como questionável. Entretanto, essas mudanças estão totalmente paralisadas e o já começam as dúvidas quanto a reformulação das propostas. Leia as informações a seguir e entenda:

Os programas sociais são responsáveis por amparar e propor mudanças a longo prazo para famílias de renda baixa e média. Essas inciativas surgem através de propostas do Governo.

Atualmente, temos alguns programas sociais em ação, sendo os mais populares entre eles o Bolsa Família, o Minha Casa Minha Vida, o Pronatec e o Fies.

Desde 2019, o atual presidente Jair Bolsonaro anunciou que estaria fazendo cortes nos orçamentos desses programas, assim como trazendo mudanças em seus processos de funcionamento.

De acordo com o Governo, alguns dos programas sociais estavam representando um gasto muito grande para os cofres públicos e proporcionando pouco retorno, no caso de iniciativas como o Pronatec.

Um outro acaso que preocupou os brasileiros que dependem dessas propostas, o aumento de famílias se cadastrando para receber o auxílio do Bolsa Família, programa de transferência de renda.

O fato é alarmante, pois indica o crescimento da pobreza no país junto a divulgação de cortes no orçamento do Bolsa Família para esse ano, por isso quem depende do calendário Bolsa Família em 2021 já está buscando novas informações.

E não só propostas de auxílio como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida ficaram pendentes para sofrer alterações. Inciativas relacionadas a políticas educacionais, como é o caso do Pronatec e do Fies também entraram para a lista.

O plano para o Pronatec incluía uma mudança bem mais radical que para os outros, uma vez que a expectativa foi extinguir o programa, dando espaço a uma nova proposta corresponde com os princípios do Governo Bolsonaro.

A extinção do Pronatec deu espaço ao programa Novos Caminhos, que seria uma forma de aproveitar melhor o vínculo com as instituições do Sistema S.

Mas já há algum tempo essas mudanças não foram colocadas em prática e apesar do Governo ter apresentado propostas atuais e convincentes para os responsáveis pelos programas, nada mais foi divulgado.

De acordo com a mídia, a reformulação de programas sociais empancou e ainda não há previsões para que sejam colocadas em prática. Para quem depende do suporte do Governo mensalmente, resta aguardar novas informações;

Faça seu agendamento para uma consulta INSS pelo celular!

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está diretamente ligado com o Governo Federal e a Previdência Social. O órgão é responsável pelo pagamento e pela manutenção de diversos benefícios, como a aposentadoria e o auxílio doença.

Há diversos direitos trabalhistas que são proporcionados pelo INSS, por isso, o atendimento disponível precisou passar por uma atualização. Para solucionar questões com o órgão, é necessário agendar o atendimento online.

O objetivo é atender todas as pessoas, otimizar tempo e melhorar os congestionamentos em unidades do INSS. Se você ainda não sabe como marcar a sua consulta INSS pelo celular, veja as informações a seguir e fique por dentro do assunto:

Serviços do INSS

O INSS é um dos órgãos mais importantes para o trabalhador brasileiro, uma vez que o mesmo é responsável pela liberação de vários benefícios. Separamos abaixo uma pequena lista com alguns dos serviços que são proporcionados por esse órgão. Confira:

  • Agendamento;
  • Cálculo da Guia da Previdência Social (GPS);
  • Extrato para Imposto de Renda (IR);
  • Extrato de contribuições à Previdência Social;
  • Solicitar Pagamento de Benefício não Recebido;
  • Solicitação de Prorrogação de auxílio-doença;
  • Vista/Carga de Processos;
  • Entre outros.

Veja também as opções dos serviços do INSS que podem ser realizados online pelo seu celular:

  • Aposentadoria Urbana;
  • Salário Maternidade;
  • Simulação de tempo de contribuição;
  • Agendamentos e requerimentos;
  • Agendamento perícia;
  • Resultado de perícia médica;
  • DRSCI – Declaração para o Contribuinte Individual;
  • Entre outros.

Como agendar pelo celular?

Visando proporcionar mais facilidade para as pessoas que precisam utilizar os recursos do INSS, o órgão desenvolveu um aplicativo de celular, em que o usurário pode efetuar o agendamento de serviços em alguns minutos.

Para tanto, é necessário fazer o download do Meu INSS 2021 no seu aparelho Android ou IOS. O aplicativo pode ser baixado sem nenhum custo.

Após a instalação do app, o usuário precisa cadastrar um login e uma senha de acesso. Assim, sempre que precisar utilizar algum serviço do Meu INSS, é só acessar os seus dados. O usuário precisa também passar por um processo de autenticação de dados.

Depois, o mesmo deve acessar a opção de “Agendamento/Requerimento”. Nessa aba, fica disponível todos os serviços que você pode agendar. Escolha a sua opção para as próximas especificações.

Tendo selecionado o atendimento que você deseja, basta escolher a data e o local que o aplicativo disponibilizará para você. Após o seu agendamento pelo celular, a sua consulta de benefício estará marcada e caso você esqueça, pode usar o mesmo serviço par verificar agendamentos marcados.

Funções do Cartão Cidadão para beneficiários do Governo

Se você chegou até aqui, provavelmente está buscando informações de como fazer o Cartão Cidadão. Nesse post, você saberá para que serve e como funciona esse cartão magnético. Quer saber também como fazer o Cartão Cidadão de um modo fácil e rápido? Siga nossas instruções.

Imagine como seria bom se existisse uma forma unificada e segura para você sacar com segurança todos os benefícios trabalhistas e sociais que são seus por direito. A boa notícia? Essa forma existe e se chama Cartão Cidadão.

Leia mais informações e saiba como você pode utilizar o cartão cidadão para receber seus benefícios sociais.

O Que é Esse Cartão?

O Cartão Cidadão nada mais é do que um cartão magnético criado pelo Governo Federal brasileiro e emitido pela Caixa Econômica Federal que surgiu para substituir o antigo Cartão Trabalhador.

Esse cartão é de uso pessoal e intransferível e protegido por uma senha que o próprio portador define.

O principal objetivo do Cartão Cidadão é facilitar o acesso do trabalhador a benefícios trabalhistas e sociais como PIS, FGTS, Abono Salarial, Seguro Desemprego e Bolsa Família.

Sem o Cartão Cidadão, o trabalhador precisa entrar em uma agência da Caixa e aguardar nas filas de atendimento caso queira fazer um saque ou uma simples consulta.

Com o cartão em mãos, o trabalhador pode realizar consultas e saques de benefício com muito mais agilidade e segurança em qualquer caixa eletrônico de autoatendimento ou casa Lotérica.

Diversos procedimentos são agilizados com o Cartão Cidadão. Conheça alguns deles:

  • Consulta de extratos e saque do FGTS;
  • Consulta de extratos e saque do PIS;
  • Consulta de extratos e saque do Abono Salarial;
  • Consulta de extratos e saque das parcelas do Seguro Desemprego;
  • Acompanhamento do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil);
  • Acompanhamento do calendário Bolsa Família.

Quem Tem Direito?

Antes de saber como fazer o Cartão Cidadão, é preciso que você saiba quem tem direito ao mesmo.

O Cartão Cidadão pode ser solicitado por quem possui saldo de FGTS, rendimentos do PIS, rendimentos de Abono Salarial ou para quem está recebendo parcelas de Seguro Desemprego. Pessoas beneficiadas por programas sociais como o Bolsa Família também tem direito ao cartão.

Assim, para solicitar, é preciso estar cadastrado no PIS/PASEP, NIT ou NIS.

Em outras palavras, pessoas que não possuem benefícios trabalhistas ou sociais a receber não poderão solicitar o Cartão Cidadão.

Peça, Já!

Agora que você sabe quem tem direito a esse cartão magnético que facilita e agiliza a vida dos brasileiros, aprenda como fazer o Cartão Cidadão de duas formas diferentes!

Pessoalmente em qualquer agência da Caixa

Dirija-se a uma agência da Caixa Econômica Federal levando seu CPF, RG e PIS/PASEP ou NIT ou NIS. Então, informe ao atendente que você quer obter o Cartão Cidadão e aguarde as orientações.

Por telefone

Essa é a forma mais fácil e rápida de pedir o seu cartão pois você não precisa nem sair de casa. Tudo o que você deve fazer é ligar gratuitamente para o número 0800 726 0207. Tenha em mãos os números dos seus documentos e informe ao atendente que você quer obter o Cartão Cidadão.

Depois de solicitar o seu cartão de qualquer uma dessas formas, o mesmo será enviado para sua casa em alguns dias úteis.

Como o Exame Nacional do Ensino Médio pode ser utilizado para o ensino superior

Para muitos estudantes o Enem 2022 – Exame Nacional do Ensino Médio, já vem sendo uma grande preocupação. Quem se dá bem nesse exame tem grandes chances de bolsas e descontos em cursos universitários, por isso ele é tão preocupante. Assim, todos os interessados em participar do Enem 2022, devem prestar bastante atenção para o edital que contém todas as informações referentes a esta prova.

Dessa forma, se você quer saber mais sobre o Enem 2022 leia a seguir as informações.

O que é o ENEM 2022? 

O Enem 2022 é uma prova realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e pesquisas Educacionais para avaliar a qualidade do ensino médio no país. Além disso, por meio do ENEM os estudantes podem utilizar suas notas neste exame para entrada em Universidades em todo o país.

Atualmente a forma de entrada nas Universidades brasileiras se dá através do portal SISU 2022. Porém, para poder se inscrever no SISU, todos os estudantes devem ter realizado o ENEM do ano anterior.

Além do SISU, é por meio da nota ENEM 2022 que os estudantes podem concorrer a vagas em programas de incentivo aos estudos como o PROUNI 2022 e o FIES 2022.

Dessa forma, esta prova se torna o ponto principal da vida acadêmica para os estudantes, pois é ela que definirá o futuro dos estudantes no ensino superior.

Aqueles que tiverem uma boa pontuação nesta prova, podem concorrer a bolsas de estudos e pode sair na frente nas pontuações de vestibulares. Portanto é importante o candidato estar atento a todas as informações sobre o Enem para não perder nada.

Datas do Enem 2022

As datas para as inscrições do Enem 2022, provas e os resultados saem através de editais. Esses editais são disponibilizados todos os anos no próprio portal do INEP.

Antes de se iniciar todo o processo é lançado um edital contendo todas as informações necessárias para os candidatos.

✓ Confira as novas vagas para os cursos SISUTEC 2022

Os editais das edições anteriores foram lançados em meados de Fevereiro e Março, logo espera-se que o edital Enem 2022 saia até o final de Março de 2022. Por isso importante ficar atento.

Mudanças do novo Enem

O governo está criando um novo ensino médio, agora os alunos podem optar por fazer o ensino médio normal, ou o ensino médio juntamento com o técnico.

E em 2022 o Enem também terá que ser alterado. A prova do Enem 2022 será toda adaptada as mudanças do ensino médio.

✓ Veja como obter uma bolsa de estudos no site do Quero Bolsa 2022

Com isso, o exame será adaptada para as áreas escolhidas pelos candidatos. Assim, tendo uma configuração mais especifica para cada tipo de aluno inscrito.

Inscrição Enem 2022

Qualquer um que tenha interesse em prestar a prova do Enem pode participar. Mas dependendo da idade da pessoa é preciso comprovar aescolaridade.

Mesmo que você não vá prestar nenhum vestibular, você pode prestar o Enem 2022, assim, apenas para testar seus conhecimentos.

Aqueles que vão fazer um vestibular ou prestar uma prova para qualquer concurso, pode fazer a prova do Enem também. Mas cuidado, é preciso definir qual o seu objetivo já na hora da inscrição. Assim você pode usar sua nota do Enem para programas do Governo Federal.

Como fazer a inscrição Enem 2022?

Todos ficam ansiosos pela inscrição do Enem 2022 abaixo fizemos o passo a passo de como você fazer a sua inscrição:

  • Primeiramente, acesse o site do Enem: AQUI
  • Selecione a opção página do participante.
  • Informe seu CPF e crie uma senha;
  • Responda o desafio;
  • Por fim, clique em enviar.

Pronto, dessa forma você já fará sua inscrição Enem. Depois de realizar a inscrição, imprima seu cartão de inscrição, nesse cartão existem todos os dados necessários para você realizar o seu exame como: datas importantes, locais da prova e horário.

Resultados do Enem

O resultado do Enem 2022 demora a sair. Mas para você não ficar muito ansioso, você pode acompanhar os gabaritos que são divulgados no dia seguinte da prova.

Os resultados do Enem serão divulgados em Janeiro do ano seguinte no site oficial do INEP.

CNH: entenda como funciona o projeto de lei cria Categoria de Habilitação

Muitos se beneficiaram com a emissão gratuita da CNH Rio Grande do Sul, mas, infelizmente, por motivos financeiros, o governo suspendeu a emissão da CNH Social RS 2020 para as pessoas de baixa renda. Mesmo com essa suspensão, você poderá conferir todas as informações sobre a CNH Social RS 2020 a seguir.

A criação do programa CNH Social foi uma iniciativa do Governo Federal em parceria com o Governo e Detrans de vários estados. Neste programa, são oferecidas Carteiras de Habilitação gratuitamente para as pessoas de baixa renda.

Pessoas que possuem a CNH tem muito mais chances de conseguir uma vaga no mercado de trabalho.

CNH Social RS

Serviços oferecidos pela CNH Social RS

Este programa era oferecido exclusivamente para as pessoas de baixa renda que não tinham condições de pagar para tirar a Carteira Nacional de Habilitação.

Esta iniciativa do Governo beneficiava principalmente as pessoas menos favorecidas da sociedade, como os desempregados, beneficiários de programas sociais e presidiários. A seguir, você pode conferir mais informações sobre este programa CNH inscrições 2020 no Rio Grande do Sul.

No Programa CNH Social 2021, eram oferecidos os seguintes serviços:

  • Gratuidade na emissão da primeira Habilitação;
  • Adição de nova categoria;
  • Mudança de categoria.

Requisitos do Programa

Por enquanto, o programa CNH Social RS 2020, como nós dissemos, está suspenso por falta de verba do Governo. Os candidatos que tinham interesse em adquirir a CNH Social de forma gratuita tinham que preencher alguns requisitos obrigatórios.

Listamos alguns desses requisitos exigidos em anos anteriores para você conhecer. Confira a seguir:

  • O candidato deve possuir obrigatoriamente 18 anos completos;
  • O candidato deve pertencer a uma família que tenha uma renda per capita mensal de até 2 salários mínimos;
  • Ser alfabetizado, sabendo ler e escrever;
  • Se for desempregado, que seja no mínimo há 1 ano;
  • Ser egresso ou estudante de escola da rede pública de ensino.
  • Se o programa voltar a ser oferecido no Rio Grande do Sul, os requisitos deverão ser os mesmos.

Inscrições e Vagas

As inscrições para participar do programa CNH Social RS 2020, por enquanto, não se encontram disponíveis, pois esse programa está suspenso.

Mesmo com a sua suspensão, você vai aprender como são feitas as inscrições de quem quer participar deste programa. Elas costumam ser feitas pela internet, mas em alguns casos, você deverá comparecer até a unidade do DETRAN.

  • Você deverá visitar o site do Detran do RS → Clicando aqui.
  • Confira se as inscrições para o programa CNH Social se encontram abertas.
  • Clique na opção para efetuar a sua inscrição e preencha corretamente as informações solicitadas e aguarde os resultados.

Se você for um dos aprovados, basta comparecer até o Detran portando os seguintes documentos:

  • CPF e RG;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de rendimentos de todos os membros da família.

É importante ressaltar que este programa está suspenso no momento por falta de verba do Governo, mas em algum momento poderá voltar a existir. Não deixe de acompanhar nosso blog para novidades em breve!

Dicas para melhorar desempenho em exames

No Brasil, a prova que avalia a educação básica brasileira, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), é uma forma de conferir os conteúdos adquiridos nas escolas e nos ambientes extraescolares realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O Encceja permite que o aluno possua a certificação de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio, para os que garantem uma nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação. Já para garantir a declaração parcial de proficiência, é preciso que o aluno consiga a nota mínima exigida em uma ou em mais de uma das quatro provas, mas não em todas.

Esse exame não é obrigatório pois tem participação voluntária e gratuita e é indicado aos jovens e adultos que moram no Brasil e no exterior e para os presos, que não tiveram oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada.

Nós selecionamos 5 dicas para melhorar o desempenho para quem está pensando em realizar as inscrições do Encceja 2021.

Faça anotações

Enquanto você estiver estudando, é importante que faça anotações com os assuntos que cairão na prova que você considera mais importante. Dessa forma você fixa mais o conteúdo e pode ler na hora de fazer uma revisão.

Alguns dias antes da prova você pode revisar o conteúdo utilizando as anotações, pois dessa forma você otimiza seu tempo e ainda assim está estudando. Mas vale ressaltar que é importante ler todo o conteúdo.

Videoaulas

Uma ótima maneira de mudar a dinâmica dos seus estudos é assistir a videoaulas. Dessa forma você dinamiza a forma como estuda e melhora seu rendimento nas disciplinas, pois aprende de maneiras diferentes com pessoas diferentes.

Estude as provas anteriores

Na internet é possível encontrar as provas antigas do Encceja, e estudar por elas é muito importante para conhecer o estilo do Exame e saber como os assuntos são abordados. Você pode resolver as questões das provas e revisá-las, pois, assim você estuda os assuntos e se prepara para a maneira como as questões irão cair.

Controle o tempo no Exame

Com as provas dos anos anteriores você pode aprender a fazer as questões com o tempo cronometrado, o que facilita sua compreensão das questões de forma mais rápida no dia da prova.

Fazer em média 10 questões a cada 30 minutos de prova é o ideal, mas é preciso cuidado caso você estiver levando mais tempo do que isso pois pode não dar tempo de responder todas as perguntas.

Prepare seu corpo

É preciso preparar, não somente seus conhecimentos, mas seu corpo também. Comer alimentos saudáveis e beber bastante água nos dias que antecedem a prova podem te deixar mais leve, além de também poderem ser levados e consumidos nos dias do Exame.

Também é importante dormir. Não precisa virar a madrugada estudando, afinal, preservar sua saúde e respeitar os limites do seu corpo também são fundamentais para um bom rendimento no Exame.

Facilidade no saque de benefícios sociais

O saque do Bolsa Família é feito em qualquer terminal de autoatendimento da Caixa Econômica Federal com o cartão e senha, nos caixas das agências bancárias com um atendente e lotéricas. É preciso ter o Cartão Cidadão em mãos para isso. Mas em caso de perda, roubo ou outros fatores não há problema. É possível solicitar 2 via do cartão Bolsa Família. Saiba mais!

Como solicitar 2 via do cartão Bolsa Família

O Cartão Cidadão é o instrumento usado para fazer o saque do benefício cedido pelo Governo Federal. Ele é fornecido no momento de aprovação do cadastro do Bolsa Família de forma automática. Assim que o beneficiado é confirmado no programa, o cartão é solicitado e chega na casa do cadastrado.

Ao perder o cartão, ficar sem uso por defeito ou roubo, pode solicitar 2 via do cartão Bolsa Família sem problemas. Para isso basta ir até uma agência da Caixa Econômica Federal mais próxima de sua residência e falar com um atendente.

Os documentos necessários para solicitar 2 via do cartão Bolsa Família são apenas:

  • Identidade ou outro documento com foto oficial (habilitação, carteira de trabalho);
  • CPF. Caso a identidade já possua o CPF não é preciso levar ambos.
  • Não é necessário pagar por uma segunda via do cartão do benefício. Ele é cedido gratuitamente e chega na agência em até 15 dias. É só voltar lá e buscar.

A indicação é fazer uma queixa na delegacia o mais breve possível.

Sacar o Bolsa Família sem o cartão cidadão

Quem está sem cartão não é necessário se preocupar com saque do valor mensal da bolsa. Indo até uma agência da Caixa ou lotérica com documento original com foto pode ser feita a retirada do valor pessoalmente, de acordo com as datas do Calendário Bolsa Família 2021!

Infelizmente sem o cartão não é permitido o saque em caixas eletrônicos. Outras pessoas podem fazer o saque em um caixa apenas com uma procuração para esta finalidade, dando plenos poderes bancários.

Cadastrar Senha

Cartão novo em mãos a senha antiga não é mais válida. É preciso ir até uma agência da Caixa Econômica Federal para fazer o cadastramento de uma nova senha com números. No primeiro acesso no caixa eletrônico o usuário será convidado a fazer isso.

Outra forma de cadastrar é indo até uma lotérica com os documentos pessoais. O atendente de lotérica possui o mesmo sistema da caixa, integrado, e pode fazer o serviço de igual forma.

Os dois locais também servem para quem esqueceu ou errou a senha mais de três vezes.

Meu cartão do Bolsa Família não chegou. E agora?

Depois de cadastrado o envio do cartão é automático. Mas claro, problemas podem acontecer e o beneficiado não é prejudicado. Se passaram 30 dias e o cartão não chegou, é só procurar uma agência da Caixa para solicitar um segundo.

Caso não tenha chegado o cartão não há problema. A conta já está liberada e o primeiro saque do benefício pode ser feito em uma agência e lotérica sem problemas. Enquanto não houver cartão o saque pode ser feito sem qualquer problema.